terça-feira, 26 de agosto de 2014

Tá! E pra lavar roupa?!


Depois de ler as informações do blog de como se agasalhar bem carregando uma mala pequena e ainda por cima economizar em tudo que for possível, você com certeza está se perguntando: "Tá! E pra lavar roupa?!"

Quando montar seu roteiro, faça uma agenda determinando os dias em que você vai lavar seus panos. Faça isso de preferência à noite após o passeio. As lavanderias costumam encerrar às 22h. Você vai gastar entre uma hora e meia e duas horas pra fazer todo o processo de lavar e secar.

Na Europa a maioria das lavanderias são automáticas. Não há atendentes. Isso mesmo, você e as máquinas. Você mesmo pilota as máquinas de lavar e secar. Num primeiro momento ao se deparar nessa situação você pode entrar em desespero ou na melhor das hipóteses ficar olhando pras máquinas e rir feito um babaca sem saber o que fazer, como aconteceu comigo e meu irmão.

Abaixo, entrada de duas lavanderias pra vc ter uma ideia de como é a fachada. Coisa simples, nada demais:



Tenha em mente uma coisa: cada máquina tem um número e é ativada somente depois de você inserir crédito para ela na máquina de pagamentos.
 As de secar são têm a porta maior

Chegando na lavanderia localize a máquina de pagamento, a de lavar, a de secar e a que vende sabão e amaciante. No geral, as de lavar estão nas laterais, as de secar no fundo e a de pagamento na entrada.
Você vai notar que todas têm número, menos a de pagamento.


Abaixo você vai ver exemplos de máquinas de pagamentos. É essa máquina que vai nortear todo seu processo de lavagem e secagem de roupa.

 
Ok, mãos à obra! Escolha uma máquina de lavar conforme o peso (sim, tem de vários tamanhos). Coloque sua roupa dentro e memorize o número dela.
Vá na máquina de sabão e amaciante. Guarde o número de cada produto.
Exemplo de máquina de sabão e amaciante

Beleza. Vá até a máquina de pagamento, digite o número do sabão e veja o valor ser cobrado no visor. Insira as moedas e note que o pacotinho de sabão vai ser dispensado lá na máquina dele. Repita o processo para o amaciante (eu nem sabia o que era isso na minha viagem 2ª classe).
Se quiser, compre no supermercado. Há sabão em quadradinhos específicos para esse tipo de lavadoras e também líquido.
Importante: lá o sabão não faz espuma. Quem enxerga espuma como sinônimo de limpeza somos nós brasileiros. E lá, a tampa da máquina de lavar é na frente. Se fizer espuma, imagina.
Não vai tuchar a máquina de sabão até espumar, que isso não vai acontecer. Apenas suas roupas vão ficar duras e amarelas.
Sim. Eu e meu irmão pagamos esse mico em Londres. Derramamos um monte de sabão no compartimento e xingando a qualidade do produto.

Vai lá onde você colocou suas roupas, e coloque o sabão e amaciante nos seus respectivos compartimentos.
A máquina indica o nível de sabão e amaciante

Agora, volte à máquina de pagamento, digite o número da lavadora, veja o valor no visor e coloque as moedas. Eis que uma mágica acontece nesse exato momento: a lavadora começa a lavar sua roupa!
Aí é o seguinte, brother, mochileiro tem que otimizar ao máximo o tempo. A máquina mostra o tempo restante do ciclo. 
Enquanto a roupa lavava, nós íamos comer. Nunca roubaram nossas roupas, mas não aconselho arriscar. Teve vezes que buscamos um lanche e comemos na lavanderia mesmo.
Tem banco de espera

Muitas lavanderias têm cestos desse naipe pra te ajudar a transportar a roupa para a secadora

Secando. Pegue sua roupa ao final do ciclo de lavagem, jogue na secadora. Veja o número dela, vá na máquina de pagamentos e faça o que você já tá sabendo. Cada crédito faz a secadora funcionar 10 minutos. Não são suficientes. Você vai precisar de 20 ou 30 minutos. Dobre logo que terminar, pois não vai precisar passar.

Alguns albergues oferecem a lavanderia própria que funciona na mesma ideia das encontradas na rua.
Neles, as máquinas funcionam com fichas e os caras vendem as barrinhas de sabão.
Outros albergues cobram um valor pra lavar um cesto de roupa. Você entrega e eles te devolvem depois.



Aproveite o tempo que estiver na lavanderia para se divertir e entrar um pouco na vida cotidiana local. É desse tipo de coisa que você mais vai lembrar da sua viagem. Veja os tipões que chegam pra lavar roupa, as donas de casa que ficam fazendo crochê, lendo revista ou brigando com o marido ao celular. Faça amizade, peça dicas de lugares bons e baratos pra comer.

E um bom Momento Amélia pra você!